CoisasSódeJuju – Os livros preferidos da Juju

livros de juju

Os livros de Juju – para todos seus gostos e fases até agora. De brincar, rabiscar, montar, procurar, destacar adesivo, para ler história, alguns que foram guardados para ainda ser e outros já na hora de se recolher. E também descobrimos num domingo frio desses que eles servem para gente fazer torre e caminho.

Nos itens de enxoval da Julia que veio do exterior em 2009, entre roupinhas Carters e Carrinho Chicco estavam vários livros fazendo figura no excedente de peso! Há quatro anos era vantagem também trazer livros do exterior. Interativos, coloridos, lindos, e muito mais baratos em relação aos mesmos livros aqui… E por esse motivo os primeiros livrinhos de Juju foram todos em língua inglesa :)!

Na época, me impressionou o nível do amadurecimento do mercado para o produto no primeiro mundo e comparativamente o quanto estamos absurdamente para trás. Alguns comprei pela Amazon, para serem entregues no hotel, e me deparei com definições estranhas classificando um mesmo titulo, com diferentes preços. Mas não é tudo o mesmo livro uai!? Tive que entender as diferenças entre Board book, Hardcover e Paperback. Um mesmo titulo lá é oferecido e publicado em diferentes tipos de acabamento para atender as necessidades de idades do público: para os bebês, os chamados Board books tinham as paginas com laterais arredondadas para não machucar e folhas grossas para não rasgar. De encantar a gente que ama e valoriza o livro né?

Aqui, eu entendo que não há demanda para esse nível de diferenciação. Ok, não tem mercado… mas fico pensando como é que ninguém teve ideia ainda de fazer uma edição dessas do clássico Menino Maluquinho, que eu não pude apresentar à minha Juju até hoje porque tá sempre impresso num papel que rasga fácil… um pecado! Ou mesmo uma edição especial de luxo para adultos fãs do livro, já crescidos como eu, como encontramos lindamente publicado O pequeno príncipe, né? O Ziraldo, nós adultos, nossas crianças e nossa literatura infantil mereciam não é mesmo…

Quem sabe essas diferenciações não cheguem aqui (um dia) também? Mas há uma nova realidade e acho que tá na hora da gente despertar para isso, urgente, gente! Livro infantil não é mais uma coisa cara! Felizmente tenho percebido nos últimos anos, que tem acontecido um barateamento progressivo nas publicações infantis vendidas por aqui – graças a invasão dos livros sendo impressos na China. Não li isso em nenhuma noticia oficial. Constato isso toda vez que pego um ultimamente e leio na contra-capa a informação de “Impresso na China”. Não vou entrar em questões nacionalistas de reservas de mercado, ou de desestímulo a produção industrial interna, rsrsrs… o que me interessa é que hoje, está muito mais barato comprar livros infantis pra minha filha e não é mais preciso incluí-los nas listas de CoisasLegaiseBaratas para trazer do exterior. E eles são tão lindos, coloridos e cheio de recursos como eram os que vi e que me encantaram lá fora.

Estimular o contato e familiaridade da criança com o objeto-livro desde o berço só trará benefícios a criança. E puxa, como eu faço isso! Juju adora, curte, pede… sementinha que plantei desde muito cedo! Para aproveitar o registro, o primeiro livrinho da minha Juju foi um presente recebido no meu chá-de-bebê da querida Catharineke, e na verdade foi um livrinho escrito em holandês, rsrsr. Estrangeira convidada para uma celebração que não tinha conhecimento do que se tratava – não era costume em seu país – o item essencial que ela escolheu para nos presentear não foi uma fralda, e sim um livro! Interessante né?

E tem livro infantil de tudo jeito hoje em dia! Eu compro de balde, rsrsrsr! E não tem mais desculpa de que não se tem tempo para sentar e contar historia. Claro que indiscutivelmente essa experiência não tem como substituir, mas há diversos “livros-brinquedo”, que a criança vai se interessar em descobrir, mesmo que naquele momento você não possa intermediar a relação com a leitura.

Além do clássico livro de história e os de pintar, hoje temos:

Livro quebra-cabeça
Livro para escrever e apagar e rabiscar de novo (esses tem uns muito, muito bons!)
Livro para sentir texturas, formas e ouvir sons, ruídos e afins variadíssimos
Livro origami/3D/Pop-Up (alguns são verdadeiras obras de arte)
Livro de fantoche
Livro de pano interativo
Livro de plástico para banho com barulhinhos
Livro com abas esconde-aparece
Livro de adesivos para a criança destacar e colar nos locais indicados
E com certeza tem mais opção que não listei.

Tem aqueles que a gente traz e nosso pequeno olha uma vez e naquele momento nem liga, não se interessa, como acontece às vezes com certos brinquedos. Quando isso acontece, tiro o dito-cujo das vistas da Ju e reapresento adiante. Às vezes funciona, as vezes não…

Um tipo de livro que chama muito a atenção da Ju são os de adesivos. Descobrimos, adoramos e indicamos! Ela fica longos períodos entretida com eles. Geralmente nas páginas centrais estão as cartelas com as figuras destacáveis, que dependendo da publicação tem seus lugares “marcados” nas paginas regulares, indicando onde devem ser colados. Às vezes apresentam áreas livres, “palcos” para a criança usar a imaginação e colar como quiser. Ela tem contato com eles desde cedo, num momento onde eu sempre estou junto, “brincando” e colando as figuras junto com ela. Antes, ela apontava qual queria destacar e eu o fazia. Agora, etapa vencida, coordenação motora apurada, ela mesma está destacando os adesivos (facilito agora oferecendo a ela livros com formas de adesivos mais regulares, sem pontas). E está toda feliz com mais essa independência recém-conquistada, entre tantas que vem surgindo nessa etapa onde ela entra nos três aninhos de vida. Nas livrarias esses livrinhos de adesivos ficam meio escondidos, infelizmente. Peça para vê-los na sua próxima ida e se encante com eles. Na FNAC do Dom Pedro uma boa área dedicada a eles e as vezes eles fazem uns “queima” com eles.

Aqui em Campinas somos privilegiados no quesito Livrarias. Temos Cultura, Saraiva, FNAC, da Vila, Leitura… Tem nos shoppings todos! Uma visita a livraria é item obrigatório em todo passeio feito ao Templo do Consumo. Um achado entre as grandes é um stand da Educação e Cia, que fica no meio do corredor do Parque Dom Pedro. Um espacinho acabrunhado, mas cheio de livros infantis de qualidade a preços acessíveis. Nesse ano, próximo ali da Academia, na ala das lojas de móveis, abriu um novo espaço CHEIO de ótimas opções de livros infantis, com preços excelentes (e veja, quase tudim “printed on China”). Eles são da mesma loja que o estande. Ótimos preços, excelentes em qualidade, não devem em nada aos que não tínhamos antes “printados” lá fora. os preços são tão bons que qdo me encanto por um livro, levo dois para ficar um em casa de opção de presente pra festas de aniversário que surgirem. Um ótimo presente.

Hora dessas retomo esse post e cito alguns títulos que Juju adora e umas editoras que tem lindas opções, baseado no que tenho na biblioteca da Juju aqui. Por enquanto fica a maior dica, de que hoje não tem mais desculpa para comprar livros para os pequenos.

Bjuju!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s